Wiki Batman
Advertisement

Aves de Rapina é um grupo de super-heroínas, publicando mensalmente pela editora de quadrinhos estadunidense, DC Comics. Originalmente apenas formado por Oráculo (Barbara Gordon) e Canário Negro (Dinah Lance), como equipe tiveram sua estreia em Showcase #96 em Março de 1996, na história "Birds of a Feather" de Jordan B. Gorfinkel, nas artes de Jennifer Graves e Stan Woch. Oráculo auxiliava a Canário em missões secretas contra contrabandistas e terroristas até que mais a frente surgiram novas personagens como Caçadora (Helena Rosa Bertinelli) e Lady Falcão Negro (Zinda Blake). Com o passar dos anos o grupo incluiu membros dos mais diversos, como: Lady Shiva (Sandra Woosan), Caçador/Justiceira (Kate Spencer), Marginal (Charlotte Gage-Radcliffe), Savant (Brian K. Durlin), Creote (Aleksandr Creote), Grande Barda (Barda Free), Cigana (Cindy Reynolds), Mestre Judoca (Sonia Sato), Alice Sombria (Lori Zechlin), Onyx (Onyx Adams), Contra-Espiã (Katarina Armstrong), Infinito, Condor (Benjamin Reyes). Poderosa (Kara Zor-L), Vixen (Mari Jiwe McCabe), Columba (Dawn Granger), e até o Caçador de Marte (J'onn J'onzz). Na versão Os Novos 52, funcionando como uma extensão da Bat-família, Katana (Tatsu Yamashiro), Sturnia (Ev Crawford) e Hera Venenosa (Dra. Pamela Lillian Isley, PhD) unem-se a formação original, brevemente Mulher-Gato (Selina Kyle).

Em outras mídias[]

  • A série de TV foi vagamente adaptada em uma série de televisão, Birds of Prey. Definido em um futuro alternativo do Universo DC, a série estrelada por Dina Meyer como Oráculo e Ashley Scott como Caçadora, parceiras estabelecidas em New Gotham. A Oráculo de Meyer era a ex-Batgirl paraplégica; A Caçadora de Scott era a filha de Batman e de uma Mulher-Gato meta-humana e como tal exibiu poderes felinos.
  • A segunda temporada da série de TV Arrow apresentou um episódio intitulado "Birds of Prey", que gira em torno das personagens Laurel Lance (Katie Cassidy), Sara Lance (Caity Lotz) e Helena Bertinelli (Jessica De Gouw). A história basicamente retrata Laurel sendo sequestrada pela Caçadora como efeito colateral nos planos de vingança da anti-heroína contra o seu próprio pai, cabendo a primeira Canário da série salvá-la.

A sétima temporada de Arrow também apresentou um episódio inspirado no grupo Aves de Rapina, chamado "Lost Canary". Nele, Felicity Smoak (Emily Bett Rickards) pede a ajuda de Sara Lance, que agora é conhecida como Canário Branco, para juntas convencerem a Laurel Lance da terra 2 a ser uma heroína e abandonar o manto de vilã de Sereia Negra. No fim do episódio, a Laurel da terra 2 se torna também Canário Negro em sua terra natal, ao mesmo tempo que Sara entrega a Dinah Drake (Juliana Harkavy), a nova Canário Negro da terra 1, que havia perdido seus poderes, um grito do Canário sintético, adaptado das versões anteriores, em que Sara e Laurel da terra 1 usavam. Agora, ele é um aparelho anexado ao pulso, como um relógio, que produz efeitos sonoros, e não mais possui a forma de uma bomba ou de um colar. Nos momentos finais do episódio, Felicity se refere ao nome do grupo formado por ela, Sara, Laurel e Dinah, como "Aves da Justiça", ao que Sara complementa como sendo "algo assim".

Advertisement