Wiki Batman
Advertisement

No show live-action do Batman (1966) tinha uma linha direta conectando o escritório do comissário Gordon ao escritório de Bruce Wayne (é claro, Gordon não sabia onde ficava o fim da linha do Batman). O telefone também é equipado com linhas diversionárias de bat-telefone, que impedem o rastreamento das chamadas de volta para a imponente Mansão Wayne.

O telefone apareceu inicialmente como um objeto sem nome em Detective Comics #328 sendo usado pelo Comissário Gordon para entrar em contato com a Dupla Dinâmica. Isso faz parte das mudanças do "New Look" exigidas por Julius Schwartz logo após ele ser nomeado editor. Assim como a criação de Barbara Gordon , parece que essas mudanças foram implementadas como uma preparação para as necessidades de William Dozier no desenvolvimento de séries de TV, que só estreariam alguns anos depois.

Em Detetive #579 em 1987, Batman manteve uma versão móvel do telefone vermelho em seu Cinto de Utilidades, um dispositivo separado de seu comunicador da Liga da Justiça /Bat Família.

Legado[]

  • No seriado Batwoman, quando o telefone na mesa de Kate Kane toca e sua meia-irmã Mary expressa descrença de que ela realmente usa um telefone fixo. Nesse caso, é uma linha direta com Kate como CEO da Gotham Pride Real Estate, mas tem a mesma função de chamar a Batwoman porque o chamador foi informado por uma aliado da Kate Kane para ligar para Kate para pedir ajuda.
  • Em Batman: Os Bravos e Destemidos, no episódio de estreia do Crazy Quilt a história começa com um flashback em que Bruce Wayne está atendendo ao Batfone para falar com o Comissário Gordon.
Advertisement