Wiki Batman
Advertisement

Harvey Bullock é um personagem fictício que aparece nas publicações da DC Comics, associado com Batman.

Origens[]

Antes da série da DC de 1984-1985, Crisis on Infinite Earths, Bullock é um detetive da polícia que recebe instruções do prefeito de Gotham City, Hamilton Hill, para sabotar a carreira do Comissário Gordon. Ele é formalmente re-introduzido em Batman #361, cover datado de julho de 1983, na história intitulada "as espécies mais bem-sucedidas", escrita por Doug Moench e desenhada por Don Newton. Seu método para realizar isto é fingir ser extremamente desajeitado, estragando assim tudo que Gordon está tentando fazer, aparentemente acidentalmente. Depois, inadvertidamente, fazendo Gordon ter um ataque cardíaco, no entanto, Bullock se transforma. Seu personagem mais tarde evolui para um policial bem-intencionado que (provavelmente) é extremamente desajeitado, similar à versão animada mais tarde. Ele também forma uma ligação estreita com Robin, baseado inicialmente em seu amor mútuo há filmes antigos. Na sequência disso, ele é um Bispo na organização espiã Checkmate.

Em outras mídias[]

  • Detetive Bullock aparece em Batman: A Série Animada. Esta versão do personagem mantém a maneira áspera e imbecil de sua contraparte dos quadrinhos, embora sem beber e fumar (ele mastiga palitos de dente e, de acordo com o clichê policial, ele tem uma queda por rosquinhas e café). Embora ele não goste e desconfie de Batman, Bullock desenvolve um respeito relutante pelo Cavaleiro das Trevas quando Batman o salva do Coringa em "O Peixe que Ri". Bullock, junto com o comissário Gordon, o prefeito Hill e Carl Rossum, é salvo novamente por Batman no episódio de duas partes "Heart of Steel", quando ele e os outros são sequestrados pelo plano mestre do computador HARDAC de criar duplicatas robóticas de oficiais de Gotham. O androide Bullock tem uma cena de luta notável contra Batman no referido episódio, embora Batman derrote a duplicata empurrando-o de um prédio para o Bat-Sinal com a ajuda de Barbara Gordon; isso aflige os dois por momentos em que eles pensam que mataram Bullock. No episódio "The Man Who Killed Batman", Bullock está visivelmente triste com a notícia da aparente morte do vigilante nas mãos de Sidney "Sid the Squid" Debris. Ele também usou o Bat-Sinal na ausência de Gordon em duas ocasiões, nos episódios "Lock-Up" e "A Bullet for Bullock". Bullock ganha a ira de Killer Croc depois de mandá-lo para a prisão por matar um membro do sindicato. Croc jura vingança contra Bullock e tenta incriminá-lo por sabotagem e matá-lo no episódio "Vendetta". Bullock é enviado para a prisão, mas Batman limpa seu nome. Em "A Bullet for Bullock", adaptado diretamente de Detective Comics #651, Bullock se une a Batman para descobrir quem está por trás de vários atentados contra sua vida. A princípio, parece ser um chefe da máfia chamado Vinnie "The Shark" Starkey, mas mais tarde é revelado que é na verdade seu próprio senhorio Nivens que está cansado da grosseria e desleixo de Bullock. Batman foi capaz de parar Nivens que enlouquece antes de Bullock. Bullock também faz uma breve aparição em "Robin's Reckoning" em um flashback. Depois que os pais de Dick Grayson são mortos por um trapézio que foi sabotado por Tony Zucco, Bullock é visto como um oficial regular, examinando a corda cortada para o trapézio. Embora Bullock seja retratado como um policial honesto na série de televisão. Ele mesmo admite a Batman que ele também usou meios duvidosos para garantir que a justiça seja feita e faz o possível para evitar investigações da Corregedoria.
Advertisement